quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A Rosa de Lutero na Praça das Orquídeas de Maripá


No dia 31 de outubro, as Comunidades da Paróquia de Maripá e a Comunidade de Linha Chapecó da Paróquia de Nova Santa Rosa celebraram os 500 anos da Reforma. Na sequência, em um evento conjunto com a Igreja Evangélica Luterana do Brasil e, na presença de autoridades civis e religiosas e da comunidade reunida, foi inaugurado o monumento da Rosa de Lutero e entregue a população maripaense através de doação. A Rosa de Lutero, considerada de grande simbologia social, cultural e histórica foi instalada na Praça das Orquídeas, com os seguintes dizeres:
Dia 31 de outubro de 1517 tem início a Reforma Luterana, desencadeada por Martin Lutero. Com base nas Sagradas Escrituras que afirmam que “O justo viverá pela fé” Rm 1.17, os reformadores e as reformadoras relacionaram a vida de fé com a vida do cotidiano. O resultado foi uma profunda reforma nas áreas da religião, educação, música, política, economia, comunicação e na compreensão das relações sociais baseadas na ética, no valor do trabalho e na responsabilidade coletiva. De maneira simples, Martin Lutero descreve esse pensamento através da ‘Rosa de Lutero’.
Na sequencia é descrita o significado da Rosa de Lutero: a CRUZ preta e vazia lembra a crucificação, morte e ressurreição de Jesus. Pois, pela fé em Jesus, que é presente e graça de Deus, as pessoas são salvas. O CORAÇÃO vermelho lembra o amor que Deus tem por toda a sua criação. Esse amor envolve as pessoas, tornando-as responsáveis pela busca de vida plena. A ROSA lembra a alegria e gratidão de viver. A cor branca simboliza a paz entre as pessoas. Assim, a fé em Jesus possibilita que cada pessoa viva com alegria, gratidão, paz e esperança. O CÍRCULO AZUL lembra que Deus está presente e continua agindo no mundo. Por isso, sinais do seu Reino podem ser vivenciados no dia a dia. O ANEL DOURADO lembra o quanto à vida é preciosa para Deus. Por esta razão, o seu amor e a sua graça não tem fim e alcançam todas as pessoas.
Depois do ato de inauguração, foi oferecido às pessoas um almoço de confraternização no pavilhão da Comunidade Evangélica de Maripá. O evento alusivo aos 500 anos da Reforma Luterana foi um marco na história das Igrejas luteranas e também do Município de Maripá.
































terça-feira, 10 de outubro de 2017

Noite do Pijama na Paróquia de Maripá

Entre os dias 06 e 07 de outubro, foi realizada a Noite do Pijama, na Comunidade de Maripá, sob a temática do Reino de Deus. Foi realizado um circuito de brincadeiras, rodízio de pizzas, sorvete, filme, louvor e apresentação musical, entre outros atrativos.
O evento contou com a participação de mais de 70 crianças e uma equipe organizadora composta pelas orientadoras do Culto Infantil, jovens, pais e mães e a equipe pastoral.













Grupo Anima em Maripá



Apresentação do Grupo Anima em Maripá - 08 de outubro de 2017
Comemorando 500 anos da Reforma Luterana







Chá das Flores - OASE de Rio Azul

Aconteceu no dia 29 de setembro de 2017, na Comunidade de Rio Azul, o Chá das Flores organizado e motivado pela OASE Sara. O encontro contou com a presença de 78 mulheres envolvidas com grupos de mulheres das Igrejas Católica, Congregacional, Luterana e de Confessionalidade Luterana.

O tema refletiu as estações do ano,comparando com o a vida das pessoas que passa por fases, aprendizados e oportunidades, como trazem as palavas das Sagradas Escrituras.

 “Enquanto o mundo existir, sempre haverá semeadura e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gn 8.22). 

 Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, e se foi; Aparecem as flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. A figueira já deu os seus figos verdes, e as videiras em flor exalam o seu aroma; levanta-te”. 
(Cântico dos Cânticos 2.11-13)